De Olho na Adaptação

Início das aulas, primeira vez na escola. Em muitas famílias, apreensão. É a fase da adaptação, que vem se tornando cada vez mais suave, com novas estratégias para cativar as crianças e, principalmente, para diminuir a ansiedade dos pais.

Durante o período de adaptação, o professor irá se aproximando de seus alunos, respeitando os sentimentos e a maneira de ser de cada um, sem, no entanto, deixar de exercer seu papel permanentemente organizador e mantenedor das situações de trabalho.

A escola possibilita o desenvolvimento da identidade, da autonomia das crianças além de ser um espaço de conquista, obtidas nos trabalhos individuais e coletivos como jogar, desenhar, pintar, modelar, ouvir histórias, brincar no parque, passear e se relacionar com colegas, professores e assim por diante.

O professor é aquele que faz uma ponte entre a criança e o desconhecido, trazendo os objetos de conhecimento para perto, tornando-o observáveis, palpáveis e familiares. Essa função será exercida por intermédio de propostas pedagógicas, discussões em grupo, conversas particulares, enfim, atividades que constituem de forma flexível a rotina da criança na escola.

Os sentimentos da mãe em relação à escola e a respectiva entrega da criança a outros adultos é o fator decisivo na segurança da criança.

A escola tem uma programação facilitadora para esse período e promove orientação às famílias no sentido de vivenciá-lo harmonicamente.

A Internet é um instrumento valioso nesse momento. No site da Escola, todos podem acessar o “De olho na adaptação”, uma área especial, diariamente atualizada, com fotos para que os pais possam acompanhar o dia-a-dia das crianças.

Para esse período, algumas "dicas" prometem ajudar:

A segurança da família é decisiva para um bom andamento da adaptação.

- Estejam certos de que é este o momento de colocar seu filho na escola e de que o Colégio Solução é a escolha certa.
- Apenas uma pessoa deve ficar encarregada de trazer a criança à escola. Atitudes diferentes podem dificultar o processo.
- Sejam breves na despedida. Às vezes, a criança acaba chorando ao perceber que a separação está sendo difícil também para os pais.
- É necessário extremo cuidado com os horários. Um pequeno atraso na hora de vir buscar uma criança em fase de adaptação pode deixá-la insegura.
- É preciso usar sempre a verdade. "Enganar" pode ser mais fácil naquele momento, porém, com certeza atrapalhará as negociações futuras.
- Nada de chantagens!
- Se os pais preferirem, para sentirem-se mais seguros nesses primeiros dias, liguem na secretaria e perguntem como a criança está, em geral aqueles que ficam chorando acabam entrando no clima da sala de aula e param de chorar logo após os pais irem embora.

É preciso respeitar esse momento. Você pode (e deve!) participar desse dia-a-dia.

Clique no calendário abaixo para ver as imagens do dia

Novembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
01 02 03 04
05 06 07 08 09 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30  
Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
01 02
03 04 05 06 07 08 09
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31  
Janeiro 2018
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
01 02 03 04 05 06
07 08 09 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31